Programa Recomeço | Programa Recomeço participa da 3ª edição da “Rua Cidadã”

Programa Recomeço

Governo do Estado de São Paulo

DISQUE RECOMEÇO
TRATAMENTO PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA
0800-2272863

Programa Recomeço participa da 3ª edição da “Rua Cidadã”

A iniciativa tem o objetivo de combater o preconceito contra a população em situação de rua

O programa Recomeço, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, participou na última quarta-feira, 13 de maio, da 3ª edição da “Rua Cidadã”, realizada na região da Santa Ifigênia, área central de São Paulo.
Com o lema “Despertando a cidadania para um futuro melhor”, a iniciativa teve como objetivo contribuir para o combate ao preconceito contra a população em situação de rua. Os munícipes, em especial pessoas que vivem em situação de rua, contaram com serviços na área social, ambulatorial, exames preventivos de saúde, corte de cabelo, atividades lúdicas com crianças, orientação jurídica, atendimento do Ministério Público Federal e da Defensoria Pública Estadual, espiritual, além de boa música e atividades de embelezamento. Tudo isso, por intermédio do trabalho conjunto da Rede Social do Centro, da Câmara de Dirigentes Lojistas da Santa Ifigênia, órgãos públicos, privados, entidades religiosas e da sociedade civil.
Na tenda da Secretaria de Desenvolvimento Social foram acoplados os serviços “Recomeço Família” e os Grupos de Autoajuda (Al-Anon, Amor Exigente e Nar-Anon). Todos prestaram acolhimento, mobilização e orientação aos familiares e dependentes de drogas, bem como esclarecimentos sobre os serviços e conselhos de combate e enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes. Durante as abordagens, foram distribuídos materiais informativos sobre os serviços e maneiras de encaminhamento de denúncias.

Estratégias de mobilização no combate às drogas
As ações do programa estão pautadas em cincos principais eixos de atuação: prevenção; tratamento, reinserção social, requalificação dos territórios degradados pelas cenas de uso, e acesso à Justiça e Defesa da Cidadania. “Acreditamos que esse evento vem fortalecer esse Programa Estadual de Políticas sobre Drogas, porque foi realizado numa região que concentra o maior número de usuários que necessitam de orientação e encaminhamentos”, destacou Márcia Francine, técnica do Recomeço.
Daniel Checchio, membro da Rede Social do Centro, explicou que a Ação de Cidadania só é possível graças a união entre o poder público, entidades da sociedade civil e empresas privadas com foco na mudança de vida das pessoas em condições fragilizadas que vivem no centro da capital.
Em três anos de atividades, o projeto já fez mais de 200 mil atendimentos.

 

Close